..

16/09 - Paraolimpíadas - DIA 10

Hoje o dia começou as nove, que bom acordar sem compromisso, tomei um café bem reforçado, juntei com meus amigos Mauro, Carlão, Daniel e André e fomos conhecer a verdadeira Pequim. Aqui na Paraolimpíada a estrutura é de primeira, um mundo se fecha para o bem estar das pessoas envolvidas nos jogos, como segurança, transporte, alimentação, entretenimento, comodidade entre outras coisas, tudo que tem de melhor, um mundo em redomas. Queríamos conhecer o outro lado e os aspectos culturais e históricos que a China tem a nos oferecer. Saímos por um dos portões da vila e pegamos um táxi em direção a Praça da Paz Celestial, pelo caminho pude reparar um trânsito meio caótico, onde bicicletas normais, motorizadas, motos, triciclos, carros e pedestres brigam na disputa pelo mesmo espaço, um querendo passar na frente do outro. Pessoas que não acabam mais, brotam por todo o canto, muitos idosos, pais com filhos únicos, guardas por todos os cantos. Chegando lá, fomos andando em direção ao monumento a Mao Tse Tung, tudo muito bonito com uma arquitetura que só tinha acompanhado através de filmes e pela TV.
Nossa principal atração hoje era conhecer a cidade proibida. Passamos pela entrada, mostramos a credencial e adentramos essa cidade que me surpreendeu por tamanha beleza, energia, riqueza de detalhes, simplicidade; com muitas construções que deram vida a muitos impérios. Tirei muitas fotos e filmei bastante, você começa a andar, num sobe e desse de escadas passando por várias seções de espaços divididos por várias construções como templos e palácios. Jardins maravilhosos, de muito bom gosto, aliás, se tem algo que os chineses sabem, é lidar com plantas e flores. Uma sabedoria que percebe-se na essência do povo, no modo de lidar com as pessoas e o mundo. No começo parece que não vai chegar nunca ao fim da cidade, vê se ao fundo, um templo em cima de uma montanha, que fiquei surpreso ao saber que não é natural e sim construída, onde o objetivo é alcançar o seu topo para contemplar o templo que tem um Buda enorme dourado assim como a cidade proibida ao fundo, vista de cima. Antes de chegar a esse templo passamos por um lugar onde se vende e se toma chá, fizemos o ritual do chá. Tomamos diferentes tipos de ervas, com suas especificidades e sabores. Eu que não gosto muito de chá, adorei. Muito pelo ritual como pelo sabor e essência que essa bebida contem. Depois de uma tarde toda conhecendo essa maravilha, pegamos outro taxi que nos levou ao mercado da seda. Um prédio, com uns sete andares onde vende-se de tudo, roupas, eletroeletrônicos, artesanato, jóias bijuterias, quinquilharias, quase tudo que você possa imaginar. Tudo se pechincha, a maiorias das coisas que se vendem são falsa, principalmente os eletrônicos, muitas vezes você não sabe o que é verdadeiro ou o que é falso. Os vendedores são muito insistentes, querendo te vender a qualquer custa, chegam até a te segurar ou a não deixar você sair da loja insistindo na compra. Carlão foi perguntar o preço de uma camisa que começou com o preço de 250, foi negociando até chegar ao preço de 100. Ele desistiu de fazer a compra mas a mulher não largava o seu braço, querendo fazê-lo comprar, ele puxava com força, mas ela continuava agarrada a ele, tentando convencê-lo a levar, falando em chinês de forma muito rápida. Dei muita risada com a situação, foi cômico. Todos os vendedores quando percebem que você é brasileiro falam: - amigo, amigo, vem. A negociação normalmente baixa o preço aos quarenta por cento na maioria das vezes. Ficamos lá três horas, mais quarenta minutos até achar um táxi para voltarmos a vila. Chegamos, jantamos e vim para internet escrever esse dia maravilhoso que tive hoje. Vou para o salão de jogos jogar sinuca com os amigos, depois vou para o quarto dormir, para amanhã conhecermos a muralha da China pela manhã e a tarde irmos para a cerimônia de encerramento das Paraolimpíadas. Até breve.

3 comentários:

stock pick disse...

help me.

Eduardo disse...

Marcelão, hoje é dia 17...........portanto, parabéns!!!!

abraço

edu.

valentina.collet disse...

PARABENS...!!!! HOJE AINDA É DIA 17 AQUI . Parabéns tb por suas conquistas ! Fiquei emocionada em te ver ,, foi demais... Marcelo desejo a você tudo de melhor e que mantenha sempre esta garra, com paz e serenidade para a conquista de seus objetivos, mas principalmente que seja muuuuuuuuuiiiiiiito feliz !!!! bjo Tina e afins..